SÃO PAULO ASSINA O COMPROMISSO GLOBAL DA NOVA ECONOMIA DO PLÁSTICO

Prefeito Bruno Covas atendeu nossa solicitação, assinou o Compromisso Global e São Paulo agora é a 1a cidade do Hemisfério Sul a endossar o pacto de soluções para a crise do plástico, junto com mais 350 organizações, entre elas o Governo do Reino Unido e França, as cidades de Austin e Ljubljana e algumas das maiores empresas mundiais como Danone, PepsiCo, Unilever, Natura, Coca-Cola, Tetra-Pak e Apple.

O Compromisso Global, uma iniciativa da ONU Meio Ambiente e da Fundação Ellen MacArthur, é o maior plano de ações para reverter a crise do consumo plástico no planeta.

 Quando protocolamos o PL 99/2018, de autoria do vereador Xexéu Tripoli, sabíamos que o assunto seria muito além do banimento do canudinho em estabelecimentos comercias.

Captura de Tela 2019-03-14 às 14.16.30.png

 

Na 1a  Audiência Pública – Último Canudo, em 5 de junho de 2018, apresentamos o impacto negativo do plástico no meio ambiente.

Em novembro, realizamos a 2a  Audiência Pública  apresentando o conceito de Economia Circular e trazendo soluções possíveis para evitar que o mar tenha mais plástico do que peixes em 2050.

 Na data, fizemos um convite publicamente para a cidade de São Paulo assinar o Compromisso Global da Nova Economia do Plástico, o maior plano unindo as maiores empresas do planeta, governos e sociedade civil, tendo a visão da Economia Circular.

WhatsApp Image 2019-03-15 at 13.29.38.jpeg

 

O QUE ISSO SIGNIFICA PARA SÃO PAULO?

A maior cidade da América Latina  está alinhando suas metas do desenvolvimento do município com as ações globais e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU (ODS),  se comprometendo a agir para alcançar soluções que tragam benefícios para toda a sociedade.

 Atravessamos o momento mais crítico da história com o planeta em risco devido as mudanças climáticas e a poluição. Precisamos agir agora e regenerar nossa casa.

 Para o cidadão comum, isso se reflete no dia a dia, reduzindo a quantidade de lixo, trazendo consciência do descarte correto dos resíduos, gerando mais saúde, segurança e renda para todos e evitando tragédias e enchentes.

 

 O QUE É ECONOMIA CIRCULAR?

Um conceito que visa a transição da obsoleta economia linear – extrair, produzir, consumir e descartar -, para uma economia que redefine a noção de crescimento com foco em benefícios para toda a sociedade: ECONOMIA CIRCULAR.

 Os três princípios da Economia Circular:

-      Eliminar resíduos e poluição

-      Manter materiais em ciclos de uso

-      Regenerar os sistemas naturais

 

 VISÃO COMUM DOS SIGNATÁRIOS DO

COMPROMISSO GLOBAL DA NOVA ECONOMIA DO PLÁSTICO (GC)

 

1)   Eliminar: o uso de produtos e embalagens plásticas problemáticas e desnecessárias, como o canudinho (e o plástico de uso único), com produtos químicos nocivos à saúde

2)   Inovar: incentivar pesquisas e desenvolvimento de novos materiais reutilizáveis, recicláveis e compostáveis. 

3)   Circular: devolver os matérias para o ciclo econômico, de modo que eles nunca se transformem em lixo (resíduo como recurso)

Captura de Tela 2019-03-14 às 14.15.10.png

 

 AÇÕES PARA GOVERNOS e AS INICIATIVAS QUE JÁ ESTÃO EM ANDAMENTO

pelo VEREADOR XEXÉU TRIPOLI e PREFEITURA de SP

 

Estimular:

 A eliminação de embalagens desnecessárias até 2025.

(Em andamento: PL99/2018 para banir canudinhos; PL 99/2019 para banir plástico de uso único)

Compras governamentais sustentáveis (PL 724/2017 licitações sustentáveis)

_ Divulgação de campanhas de conscientização sobre o consumo desnecessário do plástico de uso único (Movimento Último Canudo e Recicla Sampa)

 

 Incentivar:

_ Modelos de reuso (Câmara Municipal de São Paulo não oferece mais copos plásticos na edilidade, p.ex.)

 

Aumentar:

_  A taxa de coleta, separação, reutilização e reciclagem (Programa de Metas do Município de São Paulo, Meta 24: Recicla Sampa)

 

 Esse é um grande passo. Entretanto, precisamos do apoio das empresas e dos paulistanos para alcançar nosso maior objetivo: transformar São Paulo em uma cidade mais colaborativa, inteligente, próspera e sustentável.

 Contamos com você.

 

Veja o relatório completo da Fundação Ellen MacArthur lançado na 4a Assembléia da ONU para o Meio Ambiente, onde foi publicado a participação da cidade de São Paulo (pág. 204)

https://www.ellenmacarthurfoundation.org/assets/downloads/GC-Spring-Report.pdf