RECICLA SAMPA - O que acontece com o nosso lixo?

O paulistano produz, em média, 1,2 kg de lixo diariamente. Cerca 12 mil toneladas por dia.

Entretanto, somente 9% desse total são reciclados. O restante vai para o aterro municipal, que atingirá em breve sua capacidade máxima, ou é descartado de maneira irregular.

Podemos fazer melhor com a participação de todos. 

 A Prefeitura de São Paulo, junto com a Amlurb (Autoridade Municipal de Limpeza Urbana), com as concessionárias responsáveis pela coleta seletiva, Loga EcoUrbis, e com o vereador Reginaldo Tripoli - autor do Projeto de Lei 99/2018 que proíbe a distribuição de canudinhos plásticos em estabelecimentos comerciais -, estão empenhados em atingir a Meta 24 do Programa de Metas do Município de São Paulo: 

Reduzir em 500 mil toneladas os resíduos enviados ao aterro até 2020.

“É necessário reduzir a quantidade de lixo gerado. O canudinho é símbolo desse movimento pelo consumo consciente do plástico de uso único, sem valor de reciclagem. Recusar um canudinho, utilizar sacolas, copos e garrafas retornáveis, são algumas ações que ajudam a gerar menos resíduos. 

 E tão importante quanto reduzir é valorizar o material reciclável e devolvê-lo para a cadeia produtiva. Esse é o princípio da Economia Circular, essencial para a saúde de todos os habitantes desta cidade. Não dá mais pra jogar uma garrafa PET no lixo comum”, diz o vereador Reginaldo Tripoli.

 Para incentivar a população a participar com mais convicção desse processo, o movimento RECICLA SAMPA apresenta o caminho do lixo na cidade e mostra como o cidadão também pode e deve colaborar para atingir a Meta 24.

 “Temos que trabalhar nosso lixo de tal maneira que pelo menos 30% dele seja reciclável. Das 12 mil toneladas que São Paulo produz hoje, 3,6 mil têm totais condições de serem reaproveitadas”, explica Edson Tomaz Filho, presidente da Amlurb.

 Visite o site www.reciclasampa.com.br, veja os dias e horários da coleta seletiva na sua rua, assista aos vídeos e compartilhe as informações tão necessárias para São Paulo tornar-se uma cidade mais colaborativa, inteligente e sustentável.

 Estamos de mãos dadas nesse compromisso. 

Seja bem-vindo.

Vereador Reginaldo Tripoli e o prefeito Bruno Covas no lançamento do programa Reciclar para Capacitar

Vereador Reginaldo Tripoli e o prefeito Bruno Covas no lançamento do programa Reciclar para Capacitar