Covas sanciona lei que proíbe canudos plásticos em SP

SÃO PAULO - O prefeito Bruno Covas sancionou nesta terça-feira, 25, projeto de lei aprovado pela Câmara Municipal em abril que proíbe estabelecimentos comerciais de distribuir canudos plásticos para o consumo de bebidas, mas só deve definir como será feita a fiscalização da nova norma em um prazo de 180 dias.

Covas afirmou que, embora parecesse pouca coisa, esse seria um primeiro passo para se repensar em toda forma de consumo de plástico e seus impactos para o meio ambiente. "Não é fácil abrir mão de um conforto individual por causa de um benefício coletivo", afirmou o prefeito.  

No evento, o autor do projeto de lei, vereador Xexéu Tripoli (PV), destacou ainda compromisso assinado por São Paulo para a redução do consumo de plástico. 

“Agradeço ao prefeito Bruno Covas por entender a importância do Compromisso Global da Nova Economia do Plástico, o maior conjunto de ações no momento para reverter a crise do plástico do planeta, liderado por ONU e Fundação Ellen MacArthur.

São Paulo é a primeira cidade do Hemisfério Sul signatária do acordo.

O governo federal se recusou a assinar, mas a nossa cidade não”, disse.

Com o Projeto de Lei sancionado, São Paulo se junta a outras cidades que já proíbem o canudo.

LEIA NA ÍNTEGRA EM O ESTADO DE S.PAULO

https://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,prefeito-sanciona-proibicao-de-canudos-de-plastico-em-sao-paulo,70002886883

Responsável por convidar publicamente o município a assinar o Compromisso Global, o vereador Xexéu Tripoli (PV) entrega o relatório da ONU e da FEM em mãos ao prefeito Bruno Covas.    “A assinatura é um marco importante e agora medidas precisam ser tomadas urgentemente para rever o uso do plástico, que já causou danos sem precedentes. É necessário que a gente tome atitudes cobrando o poder público, as indústrias e conscientizando a população sobre um novo modelo para o uso desse material”, defende Xexéu Tripoli.

Responsável por convidar publicamente o município a assinar o Compromisso Global, o vereador Xexéu Tripoli (PV) entrega o relatório da ONU e da FEM em mãos ao prefeito Bruno Covas.

“A assinatura é um marco importante e agora medidas precisam ser tomadas urgentemente para rever o uso do plástico, que já causou danos sem precedentes. É necessário que a gente tome atitudes cobrando o poder público, as indústrias e conscientizando a população sobre um novo modelo para o uso desse material”, defende Xexéu Tripoli.